Soraia Gonçalves empossada como Pró-Presidente do IPCA

Soraia Gonçalves, docente da Escola Superior de Gestão, tomou hoje posse como Pró-Presidente nas áreas da Gestão Académica e Qualidade.

Na cerimónia de tomada de posse da nova Pró-Presidente, a Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, começou por felicitar a empossada e desejar sucesso no desempenho do cargo que agora assume. Para a Presidente do IPCA, a escolha de uma Pró-Presidente para esta área reveste-se de particular importância, tendo em conta o objetivo do IPCA de continuar a crescer de forma sustentada, desmaterializando e reorganizando os serviços.

A Presidente do IPCA enalteceu ainda as qualidades da recém-empossada, que, com 23 anos de serviço na instituição deu já inúmeras provas da qualidade do trabalho, destacando-se pelo forte sentido institucional e pela experiência a nível de gestão.

Para a nova Pró-Presidente para as áreas da Gestão Académica e Qualidade, estas são áreas desafiantes e que exigem muita dedicação. Soraia Gonçalves lembrou que, nos últimos 5 anos, o IPCA cresceu mais de 50% em número de alunos, pelo que é necessário prestar os melhores serviços reforçando a proximidade aos estudantes e docentes. Para o futuro, “a estratégia deverá considerar a valorização dos trabalhadores, da gestão pública e a utilização estratégica da tecnologia”, referiu a nova Pró-Presidente do IPCA.

Soraia Gonçalves é licenciada em Administração Pública pela Universidade do Minho e doutorada em Ciência Política, pela Universidade de Santiago de Compostela, desde 2008.

É professora Coordenadora do Departamento de Gestão da Escola Superior de Gestão do IPCA, tendo sido diretora dessa mesma escola entre 2011 e 2017.

Exerceu já vários cargos no IPCA, sendo atualmente membro eleito do Conselho Técnico Científico da ESG e do Conselho Geral do IPCA e Presidente do Conselho Coordenador de Avaliação do Pessoal Docente do IPCA. É, ainda, membro do WP3 da Regional University Network – European University (RUN-EU) – Future and Advanced Skills Academy (FASA).

Coordena, desde 2019, a implementação do Orçamento Participativo para os Estudantes no IPCA, iniciativa pioneira no universo das IES portuguesas.