Curso Técnico Superior Profissional (TeSP)

  • Aplicações Móveis

    O técnico de Aplicações Móveis é um profissional com competências técnicas que, de forma autónoma ou integrado numa equipa, planeia, analisa, desenha e desenvolve aplicações para dispositivos móveis. Atividades Principais

    • Analisar problemas reais de complexidade variável;
    • Planear o desenvolvimento de aplicações móveis;
    • Desenhar arquiteturas de sistemas móveis;
    • Desenvolver/Programar aplicações para dispositivos móveis;
    • Aplicar tecnologias de apoio à criação de aplicações móveis;
    • Integrar componentes multimédia;
    • Editar ou criar multimédia utilizando ferramentas de autor;
    • Desenvolver interfaces 2D ou 3D;
    • Integrar tecnologia emergente em aplicações móveis;
    • Avaliar a usabilidade das aplicações móveis;
    • Testar aplicações móveis.

    ver mais

  • Apoio à Gestão

    O Técnico/a Superior Profissional em Apoio à Gestão é o profissional que presta apoio técnico aos órgãos de direção/ administração no exercício das suas competências, assegurando a execução de tarefas de gestão, administrativas e de secretariado; gere a agenda, contactos e toda a informação recebida e produzida, utilizando aplicações informáticas e técnicas de arquivo e indexação; colabora na identificação das necessidades de compras e gere os stocks; elabora orçamentos e identifica desvios; coordena a informação relativa aos recursos técnicos, humanos, financeiros e contabilísticos, no sentido de a aportar à gestão/direção para que esta possa cumprir com as suas obrigações; coordena e assegura a organização de reuniões, assembleias, eventos e visitas, tendo em conta o protocolo, o relacionamento e a comunicação mais adequada ao contexto.

    ver mais

  • Assessoria e Comunicação Empresarial

    O técnico em Assessoria e Comunicação Empresarial  é um profissional habilitado a apoiar os órgãos de direção e/ou administração no exercício das suas competências, assegurando a execução de tarefas administrativas, comunicação e de secretariado; gerir a agenda, contactos e toda a informação recebida e produzida, utilizando aplicações informáticas; gerir e supervisionar o apoio qualificado em assessoria e comunicação; coordenar e assegurar a organização de reuniões, assembleias, eventos e visitas, tendo em conta o protocolo, o relacionamento e a comunicação mais adequada ao contexto; definir e implementar estratégias de comunicação interna e externa à organização; e implementar medidas corretivas no âmbito da assessoria e comunicação organizacional. Atividades Principais: 

    1. Planear, organizar e assegurar a organização de reuniões, assembleias, eventos, receções e visitas;
    2. Planear e desenvolver ferramentas e técnicas de comunicação e de negociação mais adequadas na gestão das relações interpessoais e profissionais, quer ao nível do ambiente interno, quer ao nível do ambiente externo da organização;
    3. Apoiar tecnicamente nas tarefas de gestão e assegurar a execução de tarefas administrativas e de secretariado;
    4. Estruturar e redigir documentos empresariais e institucionais em língua portuguesa e inglesa;
    5. Implementar e monitorizar planos de comunicação interna e externa;
    6. Interpretar e gerir a informação recebida e produzida, utilizando as aplicações informáticas adequadas;
    7. Diagnosticar todas as tarefas administrativas que devem ser melhoradas e ou alteradas, propondo e concebendo medidas corretivas;
    8. Organizar e gerir a agenda e contactos internos e externos;
    9. Aplicar as normas de protocolo em situações oficiais;
    10. Planear, organizar e executar as atividades inerentes à assessoria e comunicação organizacional, selecionando e adaptando os instrumentos adequados, reportando os resultados à gestão/direção;
    11. Desenvolver uma estratégia de comunicação organizacional.

    ver mais

  • Audiovisual Digital

    O técnico em Audiovisual Digital é um profissional habilitado a implementar e desenvolver projetos audiovisuais, produzir conteúdos digitais, nomeadamente em empresas de comunicação ou animação, também em gabinetes de design, gabinetes de ilustração, entre outras. Atividades principais:

    1. Conceber e desenvolver conteúdos audiovisuais;
    2. Gerir e desenvolver projetos de conteúdos interativos, aplicando metodologias, técnicas e ferramentas que facilitem o seu desenvolvimento;
    3. Desenvolver e conceber projetos de design, de produtos, audiovisuais e de produção dos media com vista à criação de soluções inovadores, esteticamente agradáveis e comunicativas;
    4. Elaborar estratégias de posicionamento e comunicação relativos aos segmentos do mercado alvo da empresa;
    5. Acompanhar e interpretar inovações e tendências do mercado dos conteúdos audiovisuais;
    6. Desenvolver animações e conteúdos e tendências do mercado dos conteúdos audiovisuais;
    7. Desenvolver conteúdos online com introdução e conceção de fotografia, imagem bitmap, imagem 2D ou 3D a partir de uma ideia original ou de um modelo já existente;
    8. Construir, testar e avaliar protótipos físicos ou digitais;
    9. Pesquisar, analisar, desenvolver e fundamentar informações relevantes para um bom desempenho da sua atividade, nomeadamente conteúdos digitais que possibilitam uma boa comunicação, por parte da empresa, para o mercado;
    10. Acompanhar e implementar as diferentes fases processuais num projeto audiovisual.

    ver mais

  • Comércio Eletrónico

    O Curso Técnico Superior Profissional em Comércio Eletrónico visa formar profissionais aptos a planear, implementar e controlar ações de marketing digital e a apoiar a gestão de lojas online, garantindo a sua competitividade ao nível da execução de operações, da articulação dos processos de logística envolvidos e do reforço da orientação para o cliente através dos canais de venda eletrónica.

    ver mais

  • Contabilidade e Fiscalidade

    Este curso visa formar adultos em que prevalece a componente técnica nas áreas da Contabilidade e Fiscalidade, conferindo um diploma de Técnico Superior Profissional e, com isso, contribuir para um maior grau de empregabilidade na região em que se insere. O técnico superior especialista em Contabilidade e Fiscalidade é um profissional que, de uma forma autónoma, é capaz de efetuar trabalhos técnicos inerentes a estas duas áreas. Este profissional possui competências no âmbito da contabilidade e do sistema fiscal em conformidade com o normativo legal aplicável. Este diplomado em Contabilidade e Fiscalidade está vocacionado para ocupar postos de trabalho onde poderá desempenhar as funções de âmbito contabilístico, financeiro e fiscal, tais como: organizar e preparar informações de natureza contabilística e fiscal; efetuar a prestação de contas; apoiar as organizações na gestão financeira e fiscal.

    ver mais

  • Desenho Técnico e Maquinação

    O técnico de Desenho Técnico e Maquinação é um profissional capaz de fazer e interpretar desenhos de sistemas mecânicos, planeando gerindo ou executando, as operações e as técnicas de programação e maquinação em máquinas CNC com vista à produção otimizada de resultados. Apoiar na decisão de aquisição de novas tecnologias de maquinação com suporte nos fornecedores. Atividades Principais
    • Conceber e/ou executar desenhos de peças a 3 dimensões e respetivas ferramentas, utilizando o computador;
    • Criar e otimizar percursos de maquinação, elaborando o programa de maquinação da peça e/ou da ferramenta a obter, com recurso a sistemas CAM (maquinagem assistida por computador) ;
    • Efetuar o controlo dimensional e de forma das peças e/ou do molde, utilizando os instrumentos de medida convencionais ou operando uma máquina de medição por coordenadas (CMM) ;
    • Escolher e conceber sistemas de aperto de peças adequados à maquinação de componentes em máquinas fresadoras, tornos e de eletroerosão com CNC;
    • Preparar as ferramentas, materiais, componentes, peças, necessárias para o desenvolvimento da maquinagem;
    • Desenvolver técnicas de obtenção de pontos de origem da peça;
    • Otimizar o desempenho das ferramentas de corte;
    • Desenvolver e aplicar técnicas para cumprir conformidades específicas das peças;
    • Executar e controlar a maquinação de componentes com recurso a fresadoras e tornos CNC;
    • Enquadrar a tecnologia no sistema produtivo;
    • Aplicar os conceitos de criação e manipulação de geometrias 3D;
    • Identificar e utilizar estratégias de maquinação de desbaste e acabamento 3D;
    • Cooperar com a área da produção, com o objetivo de otimizar os recursos e diminuir tempos improdutivos;
    • Desenvolver relações técnicas com os fornecedores de equipamentos, analisar as necessidades de adaptação das tecnologias às especificidades da empresa.

    ver mais

  • Desenvolvimento Web Multimédia

    O Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web Multimédia é o profissional apto a conceber e implementar aplicações e serviços Web com conteúdos multimédia, autonomamente ou em equipa, recorrendo às novas tecnologias e ferramentas. 

    ver mais

  • Design de Calçado

    O titular de um TeSP em Design de Calçado é um profissional que, de forma autónoma, sob orientação ou integrado numa equipa, concebe e desenvolve produtos de calçado tendo em conta as tendências, a qualidade, a estratégia comercial da empresa e os constrangimentos técnicos da produção. Atividades Principais Conceber e desenvolver calçado. Gerir projetos de conceção e desenvolvimento de novos modelos de calçado, aplicando metodologias, técnicas e ferramentas que facilitem o seu desenvolvimento. Promover atividades de inovação e desenvolvimento de forma a apoiar a direcção da empresa nestas actividades de valorização do produto, através da indução de novas características/propriedades proporcionadas pela utilização de materiais técnicos e funcionais. Corroborar no estudo do trabalho, no planeamento e organização da produção, na previsão/análise de custos usando instrumentos/programas, com o objetivo de apoiar a direção da produção no planeamento geral de atividades e competências nos diversos sectores. Acompanhar as tendências de moda nacional e internacional, ao nível dos produtos, matérias ­primas, cores, inovações e tendências de mercado. Aplicar as tendências ao mix de produtos e mercados da empresa. Executar manualmente ou utilizando sistemas informáticos (nomeadamente o CAD) a partir de uma ideia original ou de um modelo já existente, esboços, croquis ou desenhos de calçado com o objetivo de desenvolver novas colecções. Construir, testar e avaliar protótipos. Pesquisar, recolher, tratar e analisar informação relevante para o desempenho da sua atividade, nomeadamente sobre a relação entre a empresa e o mercado, no referente a uma eficaz gestão dos produtos da empresa no mercado competitivo da actualidade tendo em conta a constante evolução deste quer a nível nacional, quer internacional.

    ver mais

  • Design de Moda

    O Técnico Superior Profissional em Design de Moda está apto a criar e desenvolver produtos e coleções nas diversas áreas da moda, como, o vestuário e os acessórios, de acordo com os processos criativos e produtivos, as tendências e análises de mercado, tendo como objetivo a viabilidade produtiva e comercial.

    ver mais

  • Design para Media Digitais

    O Técnico Superior Profissional de Design para Media Digitais está apto para a criação deWeb Sites, gestão de conteúdos digitais para redes sociais, marketing de redes sociais, paginador digital, aplicações para web, grafismos para aplicações móveis.

    ver mais

  • Eletrónica, Automação e Comando

    O titular de cursos técnicos superiores profissionais em Eletrónica, Automação e Comando é um profissional que, de forma autónoma ou integrado numa equipa, planeia, executa e dirige a execução, instalação e a manutenção de automatismos industriais, tendo em vista a otimização da instalação e o cumprimento dos requisitos de qualidade, normas e regulamentos de segurança. O titular deste curso apresenta ainda competências de planeamento, coordenação e controlo da produção, bem como na instalação e configuração de sistemas domóticos. Está ainda apto a ministrar formação nas principais áreas do curso. Atividades Principais

    • Instalar, programar e colocar em funcionamento equipamentos e sistemas de automação, instrumentação, robótica e controlo industrial;
    • Elaborar esquemas elétricos, eletrónicos, pneumáticos e hidráulicos;
    • Desenvolver automatismos industriais utilizando controladores lógicos programáveis (PLC);
    • Instalar equipamentos pneumáticos e hidráulicos;
    • Instalar e configurar sistemas domóticos;
    • Planificar e montar quadros elétricos de equipamentos de automação industrial, tendo em consideração as boas-práticas e as normas e regulamentos aplicáveis;
    • Efetuar a gestão da manutenção de equipamentos e sistemas de automação, instrumentação, robótica e controlo industrial;
    • Colaborar no planeamento, coordenação e controlo da produção;
    • Dar formação a outros colaboradores da empresa, nomeadamente aos utilizadores dos equipamentos, aos técnicos de eletrónica e aos técnicos de manutenção;
    • Preencher documentação técnica e elaborar relatórios técnicos relativos à atividade desenvolvida.

    ver mais

  • Energia, Telecomunicações e Domótica

    O Técnico Superior Profissional em Energia, Telecomunicações e Domótica é o profissional capaz de planear, dimensionar e executar instalações elétricas, infraestruturas de telecomunicações e de domótica. Também procede à manutenção de instalações elétricas, redes de distribuição de energia elétrica e de Telecomunicações em edifícios e dá apoio às diferentes áreas de produção industrial na manutenção e gestão dos equipamentos elétricos, tendo em vista a otimização da instalação e o cumprimento dos requisitos de qualidade, normas e regulamentos de segurança. Atividades Principais

    • Planear e dimensionar a instalação, manutenção e reparação de instalações elétricas de baixa e média tensão, de energias renováveis,de comando, sinalização e proteção, de distribuição de energia elétrica e instalações de telecomunicações em edifícios.
    • Efetuar a instalação de equipamentos elétricos/eletrónicos, instalação, manutenção e reparação de instalações elétricas de baixa e média tensão, de energias renováveis, de comando, sinalização e proteção, de distribuição de energia elétrica e instalações de telecomunicações em edifícios.
    • Efetuar manutenções preventivas e corretivas  em equipamentos elétricos/eletrónicos e instalações elétricas de baixa e média tensão,  de energias renováveis, de comando, sinalização e proteção, de distribuição de energia elétrica e instalações de telecomunicações em edifícios.
    • Efetuar a instalação de equipamentos e sistemas de telecomunicações em edifícios, utilizando tecnologias, técnicas e instrumentos adequados, de acordo com as instruções técnicas, regulamentação específica e manuais de fabricante, respeitando as normas de segurança de pessoas e equipamentos.
    • Efetuar manutenções preventivas e corretivas  de equipamentos e sistemas de telecomunicações em edifícios, utilizando tecnologias, técnicas e instrumentos adequados, a fim de assegurar o seu correto funcionamento, respeitando as normas de segurança de pessoas e equipamentos.
    • Efetuar orçamentos relativos à execução, manutenção e/ou reparação de instalações elétricas,  nomeadamente, os cálculos de materiais, equipamentos, mão-de­obra e tempos de trabalho.
    • Efetuar o planeamento e escalonamento de equipas de intervenções técnicas a equipamentos elétricos/eletrónicos e instalações elétricas intervencionadas.
    • Elaborar relatórios e preencher documentação técnica relativa à atividade desenvolvida.
    • Projetar, implementar e efetuar manutenção de soluções de domótica ou controlo automatizado em habitações.

    ver mais

  • Exportação e Logística

    O Técnico Superior Profissional em Exportação e Logística é o profissional que analisa os mercados internacionais com os quais a empresa se relaciona, assegura e controla o processo de exportação, gere os sistemas de transportes, conhece as regras de direito internacional, e otimiza os fluxos de informação, produtos, serviços e matérias-primas com vista à satisfação do cliente e à criação de vantagem competitiva.

    ver mais

  • Gestão Financeira e Contabilística

    O técnico em gestão financeira e contabilística é um profissional com competências para gerir atividades de âmbito financeiro e contabilístico com vista a assegurar a informação necessária à análise interna e à prestação de contas das organizações. Atividades principais:

    • Organizar, classificar e reconhecer documentação oficial em função do seu conteúdo, baseado na legislação contabilística e fiscal em vigor;
    • Gerir áreas administrativa, financeira e contabilística através de software informático e aplicações informáticas específicas com vista a obter outputs;
    • Coordenar as operações realizadas por uma empresa para avaliar as implicações financeiras e contabilísticas das mesmas;
    • Participar na elaboração e gestão de centros de custos e capacidade de análise dos custos de uma empresa;
    • Assegurar os procedimentos necessários à prestação de contas e ao cumprimento de outras obrigações legais e fiscais;
    • Preparar documentação necessária para as auditorias financeiras e contabilísticas;
    • Preparar, apresentar e interpretar as principais peças necessárias para a análise financeira;
    • Gerir fontes de financiamento, aplicações financeiras e outros recursos de âmbito financeiro;
    • Elaborar relatórios de apoio às decisões de gestão com enquadramento setorial e económico;
    • Assegurar a realização de procedimentos inerentes ao enquadramento legal, laboral e financeiro das empresas.

    ver mais

  • Gestão Industrial da Produção

    O Técnico Superior Profissional em Gestão Industrial da Produção planeia, distribui e coordena, em colaboração com os órgãos diretivos da empresa, as atividades de produção e os equipamentos, materiais e recursos humanos afetos ao processo produtivo, a fim de adequar a qualidade e quantidade da produção às necessidades dos clientes.

    ver mais

  • Gestão das Instalações Desportivas e Desporto

    O técnico em Gestão das Instalações Desportivas e Desporto é um profissional habilitado a planear, organizar, dirigir e controlar todas as atividades da empresa ou organização desportiva, com autonomia e espírito crítico, para que seja possível maximizar todos os recursos disponíveis, criando desta forma soluções que garantam o crescimento com qualidade, garantido igualmente a satisfação dos clientes. Atividades principais:

    • Gerir uma empresa ou organização desportiva;
    • Gerir as instalações e os equipamentos específicos;
    • Coordenar a implementação das atividades, projetos, serviços e eventos;
    •  Gerir a intervenção de acordo com as necessidades da população alvo, adequando meios, recursos humanos e financeiros, métodos e tarefas;
    • Apoiar tecnicamente nas tarefas de gestão e assegurar a execução de tarefas administrativas e de secretariado;
    • Gerir de forma eficaz os sistemas de informação e os canais online para a gestão, promoção e comercialização dos produtos desportivos da organização, assim como as inscrições nas suas iniciativas ou atividades;
    • Planear, coordenar e promover atividades desportivas em grupo ou individualmente, para diferentes populações;
    • Planear, organizar e assegurar a organização de reuniões, assembleias, eventos, receções e visitas;
    • Aconselhar, prescrever e planear as atividades desportivas mais adequadas de acordo com a avaliação global do praticante e de acordo com a coordenação;
    • Gerir e organizar a logística do processo de treino;
    • Desenvolver estratégias que promovam a prática desportiva;
    • Executar o planeamento, organização, gestão, monitorização e avaliação das atividades de forma eficaz e eficiente, identificando soluções adequadas às suas especificidades;
    •  Identificar e gerir os meios humanos e materiais mais adequados ao desenvolvimento e ou afetação no âmbito da atividade da organização;
    • Executar tarefas no âmbito da comunicação e gerir todas as oportunidades de promoção, divulgação e comercialização das atividades.

    ver mais

  • Gestão de Restauração e Bebidas

    O técnico em Gestão de Restauração e Bebidas é um técnico habilitado a gerir e controlar, de forma autónoma ou coordenada, as atividades e operações dos serviços de Alimentação e Bebidas, de forma a garantir a qualidade do serviço a prestar, a afetação eficiente dos recursos e a maximização da rentabilidade, integradas em unidade de Restauração, inseridas em unidade Hoteleiras, Catering ou autónomas.   Atividades Principais:

    1. Gerir operações em unidades de negócio de Restauração e Bebidas
    2. Supervisionar, coordenar, controlar e organizar as atividades e operações dos serviços de Alimentação e Bebidas
    3. Planear e desenvolver a estratégia de promoção e comercialização do serviço de Alimentação e Bebidas
    4. Planear, coordenar e organizar as operações de Alimentação e Bebidas, garantindo a qualidade dos serviços
    5. Planear e estruturar menus e proceder ao cálculo de custos associado
    6. Controlar a qualidade do serviço e da interação com o cliente
    7. Gerir os resultados financeiros do serviço de Alimentação e Bebidas

    ver mais

  • Gestão de Seguros

    O técnico em Gestão de Seguros é um profissional habilitado que comercializa produtos de seguros do ramo vida e não vida, gere os processos de sinistros e a carteira de clientes e presta assessoria técnica na área dos seguros, podendo exercer a sua actividade por conta própria ou por conta de outrem. Atividades principais:

    • Comercializar seguros dos ramos vida e não vida;
    • Informar e aconselhar tecnicamente os clientes sobre todos os produtos de seguros disponíveis;
    • Gerir os processos de sinistros dos clientes;
    • Gerir a carteira de clientes;
    • Analisar e propor aos clientes produtos financeiros de complemento de reforma;
    • Gerir a informação disponibilizada pelo segurador de forma a atingir os resultados dos ciclos comerciais;
    • Assessorar na formação dos colaboradores directamente envolvidos na actividade seguradora;
    • Comunicar com a Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões;
    • Analisar os produtos comerciais existentes no mercado e a legislação regulamentar da actividade seguradora;
    • Gerir os seguros de empresas e empresários em nome individual.

    ver mais

  • Ilustração e Arte Gráfica

    O Técnico Superior Profissional de Ilustração e Arte Gráfica está apto a conceber e desenvolver ilustração, composição e trabalho para pré-impressão tendo em conta a estratégia comercial da empresa e os constrangimentos técnicos inerentes à produção gráfica.

    ver mais

  • Inovação alimentar e artes culinárias

    O técnico em Inovação Alimentar e Artes Culinárias  é um profissional habilitado a conceber, organizar e executar as atividades de preparação e confeção alimentar, acompanhando as novas tendências e criatividade ao nível da cozinha e da gastronomia, valorizando o receituário tradicional português, respeitando os princípios da sazonalidade, segurança alimentar e nutrição. Atividades Principais: 

    1. Confecionar alimentos em contexto de gastronomia, baseando-se na gastronomia portuguesa e em algumas gastronomias internacionais;
    2. Confecionar produtos de padaria e de pastelaria popular e conventual;
    3. Confecionar alimentos com utilização de técnicas gastronómicas avançadas;
    4. Confecionar alimentos com aditivos alimentares;
    5. Implementar sistemas de gestão de segurança alimentar em contexto de hotelaria;
    6. Elaborar estudos de avaliação da satisfação dos alimentos e/ou refeições servidas, interagindo por isso junto dos clientes e/ou consumidores;
    7. Adaptar refeições tradicionais portuguesas nutricionalmente mais equilibradas;
    8. Calcular as cargas calóricas dos alimentos e refeições, criar e dimensionar menus, incluindo para pessoas com necessidades nutricionais especiais;
    9. Demonstrar capacidade de inovação na produção de refeições;
    10. Organizar uma adega de vinhos de um restaurante;
    11. Organizar a gestão física de uma cozinha profissional;
    12. Empratar alimentos para os diferentes tipos de serviços de restauração com recurso a soluções criativas.
       

    ver mais

  • Manutenção Industrial

    O Técnico Superior Profissional em Manutenção Industrial gere a manutenção de equipamentos de automação, instrumentação, robótica e controlo industrial. Está igualmente apto para orientar os trabalhos na área da manutenção, relativamente à preparação, inspeção e manutenção de equipamentos industriais e também de instalações de AVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado). 

    ver mais

  • Marketing Digital e Social Media

    O técnico em Marketing  Digital e Social Media é um profissional habilitado a planear, elaborar e gerir estratégias de marketing digital e social media em contexto empresarial, controlar e avaliar o impacto das campanhas de marketing digital e social media através da aplicação de métricas de avaliação e monitorização de resultados de web analystics. Atividades principais:

    1. Desenvolver e coordenar campanhas de marketing digital;
    2. Gerir, operacionalizar e interpretar, a informação recebida e produzida através de aplicações informáticas adequadas;
    3. Definir procedimentos e ferramentas de controlo e motorização das redes sociais;
    4. Produzir conteúdos digitais que promovam a marca e que correspondam às necessidades dos consumidores;
    5. Definir e implementar um plano estratégico de marketing digital e social media adaptado às exigências do mercado e às características da organização.
    6. Pesquisar, selecionar e implementar estratégias de Marketing Analystics e Marketing Intelligence.
    7. Gerir e avaliar o impacto de campanhas de marketing digital e social media.

    ver mais

  • Mecânica Automóvel

    O técnico em Mecânica Automóvel é capaz de realizar o planeamento e controlo de processos de manutenção e reparação automóvel em oficinas, supervisionando os trabalhos de diagnóstico, deteção e reparação de avarias nos sistemas mecânicos, elétricos e eletrónicos de veículos automóveis ligeiros e pesados, procurando maximizar a produtividade da oficina de manutenção e reparação automóvel, atentando às normas de segurança ambiental e de higiene e saúde no trabalho. Atividades Principais

    • Planear e gerir o trabalho oficinal.
    • Supervisionar os trabalhos de manutenção, diagnóstico, deteção e reparação de avarias em veículos automóveis ligeiros e pesados.
    • Acompanhar e controlar a qualidade dos trabalhos efetuados na oficina, tendo em vista a otimização dos resultados.
    • Supervisionar o serviço de comercialização dos serviços/produtos da oficina, promovendo a satisfação total dos clientes.
    • Garantir o respeito pelas normas e segurança ambiental e de higiene e saúde no trabalho.

    ver mais

  • Metrologia, Instrumentação e Qualidade Industrial

    O técnico em Metrologia, Instrumentação e Qualidade Industrial é um profissional com competências técnicas que, de forma autónoma ou integrado numa equipa, planeia, analisa, desenha e desenvolve aplicações para dispositivos móveis. A Atividades Principais: Avaliar e apoiar na implementação de sistemas de gestão da qualidade, aplicar e coordenar a aplicação de normas de qualidade, planear e realizar tarefas especificas de controlo de qualidade, principalmente em organizações indústrias, serviços e laboratórios de ensaios de acordo com os referenciais normativos em vigor e:

    • Participar com os órgãos responsáveis pela qualidade, na implementação do Sistema de Gestão de Qualidade;
    • Definir os procedimentos relativos ao controlo da qualidade para cada área funcional, de acordo com as necessidades e objetivos da empresa;
    • Implementar e acompanhar os procedimentos de controlo da qualidade
    • Avaliar os resultados da aplicação dos procedimentos de controlo da qualidade da empresa;
    • Implementar um sistema de gestão da qualidade;
    • Realizar auditorias da qualidade;
    • Apoiar na acreditação e gestão de laboratórios;
    • Realizar calibrações de equipamentos de medida;
    • Avaliar os resultados da calibração de equipamentos de medida;
    • Garantir as condições de higiene e segurança do trabalho.

    ver mais

  • Mobilidade Híbrida

    O técnico superior profissional em Mobilidade Híbrida, tem competências para planear, realizar e controlar todos os processos de manutenção e reparação de veículos automóveis ligeiros e pesados, quer exclusivamente movidos por tecnologia elétrica, como por motores de combustão interna apoiados por tecnologia motriz elétrica. As principais atividades a desenvolver são: a) Planear e gerir o trabalho oficinal; b) Supervisionar os trabalhos de manutenção, diagnóstico, deteção e reparação de avarias em veículos automóveis ligeiros e pesados híbridos e elétricos; c) Acompanhar e controlar a qualidade dos trabalhos efetuados na oficina, tendo em vista a otimização dos resultados; d) Supervisionar o serviço de comercialização dos serviços e ou produtos da oficina, promovendo a satisfação total dos clientes; e) Garantir o respeito pelas normas e segurança ambiental e de higiene e saúde no trabalho.

    ver mais

  • Moldação de Plásticos por Injeção

    O técnico em Moldação de Plásticos por Injeção é um profissional habilitado a preparar, criar, monitorizar e controlar a produção de componentes plásticos através de tecnologia de moldagem por injeção.  

    Atividades Principais: 

    1. Planear, programar e gerir o processo de moldação de plásticos por injeção;
    2. Operar e controlar os equipamentos afetos ao processo de injeção de plásticos durante o ciclo de produção;
    3. Definir, executar, analisar e otimizar o processamento de componentes plásticos através da análise de simulação de injeção;
    4. Elaborar relatórios de produção e de testes ou experiências;
    5. Planear e executar a manutenção dos equipamentos afetos ao processo de injeção de plásticos;
    6. Coordenar os trabalhos do auxiliar da produção.

    ver mais

  • Organização e Gestão de Eventos

    Atualmente, os eventos constituem-se como uma das áreas de actividade com maior desenvolvimento. O Técnico de Organização e Animação de Eventos é o profissional qualificado apto a conceber e programar eventos, organizar e planear diferentes tipos de eventos, orçamentar eventos e identificar potenciais fontes de receitas (e.g.: financiamento, patrocínio, etc), proceder ao levantamento dos recursos técnicos necessários para a produção de eventos, proceder ao levantamento dos recursos humanos necessários para a produção de eventos (incluindo voluntários), coordenar e acompanhar as equipas de trabalho, bem como proceder à avaliação e divulgação de resultados. O Técnico de Organização e Animação de Eventos é também um profissional qualificado para analisar o mercado e desenvolver uma oferta ajustada à procura real ou potencial, bem como interagir com stakeholders.

    ver mais

  • Preparação e Gestão de Obra

    O técnico em Preparação e Gestão de Obra é um profissional habilitado a preparar e gerir obras, quer no domínio das técnicas quer nos procedimentos. Analisar projetos, cadernos de encargos, e planos de trabalhos de uma obra e colaborar na preparação e compatibilização dos projetos de todas as especialidades, também como realizar desenhos de execução de obra. Fazer modelação BIM e acompanhar a execução dos trabalhos.

    Atividades Principais: 

    1. Colaborar com os responsáveis de obra na preparação de todos os trabalhos e compatibilização todas as especialidades;
    2. Executar desenhos de execução e pormenorização de obra;
    3. Verificar a conformidade da cotagem, legendagem e outros elementos de peças desenhadas e desenhos de acordo com as especificações;
    4. Acompanhar o início dos trabalhos e verificar a sua execução de acordo com os desenhos de preparação.
    5. Identificar a caraterizar materiais, contabilizar e planear o aprovisionamento de materiais e equipamentos para a execução dos trabalhos desenvolvidos em obra;
    6. Modelar a obra em BIM e preparar desenhos de detalhe;
    7. Apoiar a elaboração das Telas finais e da compilação técnica;
    8. Acompanhar a preparação e execução de obras;
    9. Efetuar as medições em projeto em obra e quantificar os materiais necessários;
    10. Efetuar desenhos técnicos, nomeadamente desenho de projetos de arquitetura, de estruturas, de redes e de instalações, utilizando aplicações informáticas específicas (CAD);
    11. Ler e interpretar projetos de arquitetura, desenhos de estruturas, de redes e de instalações, elementos topográficos e outras informações técnicas relativas à construção civil;
    12. Colaborar na implantação do estaleiro e da obra;
    13. Colaborar com os responsáveis pela obra no planeamento e preparação da mesma;
    14. Conhecer os procedimentos da qualidade, ambiente, segurança e higiene no trabalho bem como da legislação em vigor;

    ver mais

  • Redes e Segurança Informática

    O técnico de Redes e Segurança Informática é um profissional que, de forma autónoma ou integrado numa equipa, tem competências técnicas para a análise, planeamento e desenvolvimento de soluções de redes e infra-estruturas de comunicação de dados, englobando os sistemas informáticos, dispositivos móveis e equipamentos de redes, para comunicações de dados e voz integradas. Adicionalmente, o técnico tem também competências na área da segurança das comunicações e da informática. Atividades Principais

    • Planear, instalar e configurar infra-estruturas de redes;
    • Realizar a gestão e manutenção de infra-estruturas de redes;
    • Realizar a gestão de servidores e serviços aplicacionais para a Internet;
    • Instalar, configurar e realizar manutenção de sistemas informáticos;
    • Instalar, verificar e certificar cablagens para redes de comunicações, incluindo redes de fibra óptica;
    • Analisar o funcionamento de infra-estruturas de redes e propor optimizações no seu desempenho;
    • Desenvolver soluções de comunicação de Voz sobre IP (VOIP);
    • Integrar soluções de comunicação de voz e dados em infra-estruturas existentes;
    • Avaliar a segurança das infra-estruturas e suas comunicações de dados;
    • Analisar problemas reais de complexidade variável;
    • Administrar e gerir a segurança de sistemas informáticos e redes de comunicação de dados.

    ver mais

  • Robótica Colaborativa e Inteligência Industrial

    O técnico em Robótica Colaborativa e Inteligência Industrial e é um profissional habilitado a realizar e gerir, de forma integrada, as atividades de projeto, de implementação, de programação e de supervisão associadas à robótica colaborativa ou móvel, integração de sistema e manutenção em meio industrial, tendo em vista a automatização e a otimização de sistemas  industriais de produção. Atividades principais:

    1. Projetar e implementar sistemas automatizados para processos industriais;
    2. Adaptar os sistemas automatizados existentes, procurando otimizar os processos industriais;
    3.  Supervisionar e programar sistemas de monitorização industrial;
    4. Implementar e supervisionar sistemas de controlo de processos e qualidade;
    5. Elaborar ações técnicas concretas com vista à racionalização de consumos de energia;
    6. Elaborar e implementar atividades associadas à gestão da manutenção;
    7. Apoiar tecnicamente os departamentos de manutenção nas atividades de manutenção preventiva e corretiva;
    8. Projetar e implementar ferramentas mecânicas para integração de sistemas em unidades robóticas;
    9. Apoiar na interligação de sistemas robóticos colaborativos  com redes industriais;
    10. Elaborar e implementar soluções inteligentes de controlo sobre processos industriais.

    ver mais

  • Segurança e Proteção de Dados para Sistemas de Informação

    O técnico em Segurança e Proteção de Dados para Sistemas de Informação é um profissional habilitado a tratar e aplicar medidas técnicas e organizativas adequadas a assegurar e a comprovar que o tratamento de dados é efetuado em conformidade com a legislação aplicável e com sistemas  de segurança adequados; compreender os riscos relativos à segurança da informação que as organizações a enfrentar as suas atividades, responder aos desafios da proteção de dados e privacidade; implementar sistemas de gestão de segurança da informação alinhados com as metas e objetivos de negócios; compreender as suas causas de ataques e identificar as ameaças à segurança da informação; implementar uma cultura organizacional para a segurança da informação e responder aos requisitos da nova lei de proteção de dados, permitindo às organizações alcançar a conformidade com o regulamento RGPD.

    Atividades Principais: 

    1. Assegurar a recolha  e o tratamento de dados;
    2. Garantir a execução das tarefas de proteção e tratamento de dados com medidas técnicas e organizativas adequadas, de forma que o tratamento satisfaça e assegure a defesa dos direitos titular dos dados;
    3. Organizar os sistemas de segurança e garantir mecanismos de segurança que impeçam o acesso aos mesmos;
    4. Gerir através de meios informáticos os prazos judiciais e administrativos;
    5. Definição de políticas e práticas em matéria de proteção de dados para garantir controlos adequados para a deteção e prevenção;
    6. Anonimização, pseudominização e encriptação para definição da politica de privacidade;
    7. Análise do risco da segurança da informação e compreender as causas dos ataques e identificar ameaças;
    8. Gestão de acessos com confidencialidade, integridade, disponibilidade e resiliência,
    9. Implementar sistemas de gestão de segurança para impedir perdas e danos.

    ver mais

  • Sistemas Eletrónicos e Computadores

    O Técnico Superior Profissional em Sistemas Eletrónicos e Computadores planeia e coordena os processos de assemblagem de soluções eletrónicas, tendo em vista a sua otimização e o cumprimento dos requisitos de qualidade, normas e regulamentos de segurança em sistemas eletrónicos. 

    ver mais

  • Soldadura Avançada

    O Técnico Superior Profissional em Soldadura é o profissional que está apto a conceber, elaborar, coordenar e executar projetos de fabricação soldada.

    Atividades Principais:

    • Conceber, elaborar, coordenar e executar projetos de fabricação soldada;
    • Selecionar processos, equipamentos e materiais de adição;
    • Propor soluções técnicas e economicamente competitivas;
    • Inspecionar e controlar a Qualidade de construções soldadas;
    • Desenvolver trabalhos de investigação científica no domínio da soldadura.
     

    ver mais

  • Tecnologia e Inovação Informática

    O técnico em Tecnologia e Inovação Informática é um profissional habilitado a projetar, implementar, otimizar e preservar sistemas de informação desktop, estruturas de dados e sistemas baseados nas diversas tecnologias informáticas. Atividades Principais: 

    1. Elaborar e implementar procedimentos, com base em padrões e regras utilizadas na resolução de problemas relacionados com sistemas de informação;
    2. Coordenar os processos de análise e documentação técnica de sistemas de informação;
    3. Elaborar e implementar sistemas de informação empresariais;
    4. Planear e realizar atividades de manutenção e otimização de sistemas empresariais;
    5. Gerir e supervisionar de forma integrada as tecnologias e os sistemas de informação empresariais;
    6. Planear e realizar atividades relacionadas com a arquitetura organizacional dos sistemas de informação empresariais.

    ver mais

  • Turismo, Natureza e Aventura

    O Curso Técnico Superior Profissional em Turismo, Natureza e Aventura visa formar profissionais aptos a planificar, coordenar e gerir as operações turísticas no espaço rural, de natureza e de aventura, num contexto integrado entre a vivência de experiências turísticas e a conservação dos recursos naturais e o desenvolvimento turístico sustentável dos destinos.

    ver mais