IPCA Parceiro das Cidades Criativas da UNESCO – Braga e Barcelos

As cidades de Barcelos e Braga são, a partir de hoje, cidades criativas UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

O IPCA colaborou nas candidaturas de ambas as cidades. Foi parceiro da candidatura de Barcelos, cidade sede do IPCA, através da Escola Superior de Design que realizou a imagem de Barcelos Cidade Criativa e Viva; e pertenceu ao Conselho Consultivo da candidatura da cidade de Braga contribuindo com as suas atividades e projetos nas áreas dos Media Arts, Ilustração e Animação e Jogos Digitais.
A decisão foi anunciada esta terça-feira, dia 31 de outubro, com 64 novas cidades de 44 países a integrarem a rede internacional em sete domínios criativos: Artesanato e Arte Popular, Design, Cinema, Gastronomia, Literatura, Música e Artes e Media.
A Rede de Cidades Criativas é agora formada por 180 membros de 72 países de todo o mundo. Em Portugal, existiam já dois municípios, desde 2015, com o título de Cidade Criativa – Óbidos, na área da Literatura, e Idanha-a-Nova, na área da Música. Barcelos conquista agora um lugar na Rede de Cidades Criativas da UNESCO, a par de Amarante, na área da Música, e Braga, na área de Artes e Media.
Estes títulos são de extrema importância para ambas as cidades, nomeadamente ao nível de projetos futuros no âmbito do património material e imaterial, incentivo às artes e ofícios populares, novos equipamentos e projetos de apoio às indústrias criativas. O IPCA e a Escola Superior de Design, em particular, vêm neste reconhecimento excelentes oportunidades de projetos e parecerias futuros para a região.