Poliempreende

Estão a decorrer as inscrições para a 16ª Edição do Concurso Poliempreende. Até ao dia 20 de maio de 2019 tens a oportunidade de te inscrever e começar esta aventura para saber se a tua ideia que tem ou não futuro.

Nesta primeira fase basta um resumo da ideia e, depois, tens até ao final da primeira quinzena de junho para preparar a proposta mais desenvolvida do plano de negócios. Anunciaremos brevemente um conjunto de seminários, workshops e Oficinas-E que te apoiarão ao longo de todo este processo. Podes contar também com a ajuda do/a Coordenador/a para o Empreendedorismo da tua Escola.

A apresentação dos projetos do concurso regional será em julho, com a atribuição de prémios entre os 1.000 e os 2.000 euros. O plano de negócios vencedor irá concorrer a nível nacional, com os vencedores apurados das outras instituições que integram a rede Poliempreende, habilitando-se a prémios entre os 3.000 e os 10.000 euros.

Lembramos que os projetos de ideias de negócio submetidos a concurso deverão ser originais e corresponder a intenções reais de implementação. Não podem ter sido premiados ou estarem sob avaliação em concursos de ideias ou afins, cujos prémios tenham como objetivo o financiamento da constituição da empresa. Os projetos poderão contemplar a reconversão ou especialização em áreas tecnológicas de empresas já existentes.

Cada equipa deverá apresentar a concurso um único projeto e os professores podem e devem integrar a equipa.

 

Regulamento do Concurso

Inscrições: http://bit.ly/PoliempreendeIPCA

Poliempreende nacional: http://www.poliempreende.com 

 

Para mais informações poderá ser contactado o G3E/Praxis21 através do e-mail g3e@ipca.pt ou do telefone 253 802 200.

 

—————————-

O que é o Poliempreende?

O Poliempreende é uma iniciativa que visa, através de um concurso de ideias e de planos de negócios, avaliar e premiar projetos desenvolvidos e apresentados por alunos, diplomados ou docentes da rede de Ensino Superior Politécnico, ou outras pessoas, desde que integrem equipas constituídas por estudantes e/ou diplomados. Esta iniciativa tem como objetivo máximo incutir e estimular o empreendedorismo, bem como proporcionar saídas profissionais de preferência através da criação do próprio emprego.

O concurso é promovido por todas as instituições politécnicas do país e escolas superiores não integradas (Enfermagem de Coimbra, Hotelaria e Turismo do Estoril e Escola Náutica Infante D. Henrique) e escolas politécnicas das universidades

O concurso tem uma componente regional e outra nacional. A nível regional, cada instituto politécnico promove um conjunto de iniciativas que culminam com a atribuição de prémios aos três melhores projetos apresentados. Os projetos vencedores em cada instituição são, posteriormente, submetidos à apreciação de um júri que irá escolher os três melhores projetos nacionais.

A coordenação nacional do Poliempreende é rotativa, estando a 16ª edição do concurso a cargo do Instituto Politécnico de Tomar.

 

Modelos-Barras-FUNDOS-v04_3logos-FEDER