Regulamento

Objetivos

A criação da B.I. IPCA pretende promover e facilitar o encontro entre os promotores que têm uma boa ideia de negócio mas não têm disponibilidade financeira ou de tempo para a sua implementação, e os implementadores que têm meios para as concretizar.

Gestão e promoção do B.I. IPCA

A gestão B.I. IPCA será da responsabilidade do G3E, que deverá promover através de meios adequados a adesão de Criadores e Promotores de ideias com os Implementadores dessas mesmas ideias.

Processo de adesão ao B.I. IPCA – promotores de Ideias e Implementadores

a) Podem aderir ao B.I. IPCA, estudantes, ex-estudantes, docentes e funcionários com ideias de negócio originais, inovadoras ou diferenciadoras, com o objetivo de poder vir a explorar ou a disponibilizar a ideia em conjunto com um Implementador ou apenas com o objetivo de a divulgar para alguém a implementar.

b) Confidencialidade: Caso o criador ou promotor assim o deseje, as ideias apresentadas ao B.I. IPCA serão disponibilizadas publicamente de forma sintética. Desta forma, não serão divulgados a identificação e descrição mais completa, caso enviada, da ideia de negócio.

c) As Ideias de Negócio são remetidas/entregues ao G3E através de preenchimento de um formulário próprio, com a autorização para ser publicitada resumidamente no site G3E/B.I. IPCA

d) O G3E compromete-se a guardar sigilo sobre o conteúdo do formulário enviado, para além do resumo obrigatoriamente público, não assinando qualquer acordo de confidencialidade com os promotores.

e) Os formulários (disponíveis no site do G3E/B.I. IPCA) poderão ser remetidos através de email (g3e@ipca.pt) ou entregues em mão no gabinete G3E, ou enviados por correio.

f) Os formulários deverão ser assinados pelos proponentes, que assumirão toda a responsabilidade decorrente dos mesmos.

g) Cabe ao G3E, decidir não publicar Ideias de negócio cujo conteúdo seja considerado pouco apropriado ou não respeite as normas vigentes de conduta e ética, informando dessa decisão o respetivo promotor.

h) Os Implementadores que pretendam desenvolver alguma das ideias resumidas no site do G3E, deverão contactar o G3E no sentido de se proceder à ligação com o criador ou Promotor da ideia.

Intermediação entre Promotores de ideias e Implementadores

a) O G3E será responsável pela promoção e gestão da B.I. IPCA, até ao momento em que se promove o “contacto” entre as partes.

b) O G3E não intervém diretamente na negociação entre as partes, quanto à forma de operacionalização (desde a simples passagem da ideia para o Implementador ao desenvolvimento em conjunto da mesma) e formas de compensação pela disponibilização da ideia.

c) Independentemente do número anterior, o G3E poderá, caso as duas partes assim o desejem, participar como mediador no processo de negociação, encerrando a sua participação após o estabelecimento do acordo entre as partes.

d) O G3E não assume qualquer responsabilidade pela relação futura entre as partes, nem se responsabiliza por qualquer pagamento ou contrapartida por parte dos Implementadores aos promotores.

e) O G3E não cobrará quaisquer custos pela gestão da B.I. IPCA.

f) Os negócios que resultem da B.I. IPCA podem instalar-se no Centro de Incubação de Empresas do IPCA

Disposições finais

a) O G3E garante a confidencialidade de todo o processo, bem como o anonimato dos promotores, exceto quando por estes solicitem a sua divulgação, nomeadamente no site do G3E/ B.I. IPCA.

b) O G3E reserva-se o direito de modificar o presente regulamento a qualquer momento.

c) As decisões do G3E quanto à não inclusão de ideias na B.I. IPCA são soberanas.

d) Para qualquer omissão ou dúvida emergente do presente regulamento, o G3E dará o seu parecer que terá carácter vinculativo.